Posts com Tag ‘The Sun’

A gente tenta não falar o tempo todo sobre ela, mas sabe como é, né? A Amy É a popstar do momento. Britney passou. Madonna já não choca. Michael Jackson faliu. O Prince desapareceu. Nos resta a Amy, que, segundo o tablóide britânico The Sun, vai se mudar… para a Jamaica. JAMAICA!!! Imagina que ela vai fazer miséria lá, né?

Quem? Eu?

Quem? Eu?

Diz que ela vai gravar o terceiro disco na terra de Bob. As sessões no estúdio devem custar dezenas de milhares de libras (que valem mais do que dólares e euros – se bobear, “valem mais do que ouro”).

De acordo com o diário sensacionalista, Amy, que está na ilha de Santa Lucia, no Caribe, desde o Natal, avisou ao pessoal da Island Records que não quer voltar à Inglaterra. Uma fonte do jornal afirma que “Amy está curtindo a vida em Santa Lucia e não quer que isso termine. Ela parece bem e se sente bem e teme as más influências que estão em Londres, só esperando que ela volte. Ela está escrevendo um monte de letras pro novo disco e disse aos chefes que quer se mandar para a Jamaica para gravá-lo”.

Aí, o pessoal da gravadora está de mãos atadas, já que em Londres as drogas chegam à Amy; a Jamaica, por sua vez, é o paraíso do crack, da cocaína e da maconha. Uma situação do tipo: na Jamaica o bicho pega, em Londres o bicho come. Como tem drogas às pencas nos dois lugares, acho que o que pesou mesmo foi o fato de o corno-mala do Blake Fielder-Civil não irá importuná-la no país de Marley.

Para nossa querida Amy, uma frase atribuída, claro, ao Rei do Reggae: “Sou louco porque vivo em um mundo que não merece minha lucidez”.

E não seria lindo vê-la cantando junto com os Wailers? E um dia a Amy podia vir fazer uma figuração em Copa (atenção aos contundentes depoimentos de Simone, Milton e Baby – que na época ainda era Consuelo):

Uma prévia pra vocês: Um mash-up do DJ Michmash com “Rehab” da Amy e “Exodus” do Bob Marley. Acha interessante a mistura?

Mark a perigo?

Publicado: 20/janeiro/2009 em Rock
Tags:, , , , ,

O que anda rolando, de acordo com o Telegraph e a Folha (citando o The Sun) é que, por conta dos ataques de Israel a Gaza, uma pessoa sugeriu em um post do fórum de internet islâmico Ummah (opa, é tipo Orkut?) que elaborassem uma lista de alguns judeus influentes, para que fossem contactados e lembrados da luta e do sofrimento do povo Palestino. A idéia era de começar a escrever cartinhas educadas para essas pessoas, reiterando as injustiças do governo israelense e pedindo para que não apoiem (tem acento?) tal coisa.

Má num demorou pra que gaiato postasse outra mensagem, dizendo que, oras, se vamos levantar uma lista de nomes judeus influentes, por que não arrumamos seus endereços, hein, hein, heeeein??? ;^)

Aparece aê, Marquinho! Nóis agarante!

Aparece aê, Marquinho! Nóis agarante!

Aí que um desses judeus influentes listados é o produtor musical Mark Ronson, mais conhecido pelo seu trabalho Grammyado no disco Back To Black da Amy Winehouse. Mark é inglês (e agora americano, tirou o green-card!), de família judia, mas, de acordo com entrevista para o site Something Jewish (haha, adorei o nome…), não é religioso no sentido de observar todas as tradições do judaísmo, mas acredita nos principais pilares da religião, jejua durante o Yom Kippur (dia do Perdão), essas coisas. Nenhuma declaração recente de Mark sobre o conflito atual foi encontrada.

Já a NME diz que a Amy Winehouse é alvo também, como se não bastasse tentar se autodestruir. Amy também é judia, só não sei se ela lembra quando é o Yom Kippur. Ou se tá sabendo sobre os conflitos atuais… a vida no Caribe é muito relaxante.

Os organizadores do Ummah afirmaram que o tal gaiato é um perfil falso (ih, muito Orkut) e que o pessoal da lista não é alvo, nem de ataques, nem de ódio. O pessoal do The Sun é mais alarmista (novidade…) e consulta o analista Glen Jenvey, que afirma que tudo isso representa uma ameaça mortal para judeus do Reino Unido. Os judeus britânicos ficam avisados do aumento de incidentes anti-semitas por aí desde que os conflitos se intensificaram. Ih Mark, cuidado aê. Qualquer coisa tamos às ordens aqui no Rio de Janeiro, he he… Já a Amy deve estar mais acostumada com os perigos dessa vida.

E bora coexistir?

Por onde começamos? Bem, ladies first!

AMY GOES TO HOLLYWOOD

amydequatro

Pirata do Caribe

Amy Winehouse foi convidada a estrelar um filme sobre problemas escolares, no papel de uma professora de músical, inspirado na atuação de Michelle Pfeiffer em Mentes Prigosas (1995). Para isso, Amy terá aulas na Royal Academy Of Music Theatre Department, em Londres. O ator Jonathan Rhys Meyers (Match Point, Missão: Impossível 3 e Alexandre, O Grande) está cotado para ser o par da cantora. A única exigência dos estúdios Universal é que Amy não se meta em nenhuma encrenca até o lançamento do filme – que não tem data marcada. A julgar por esta foto acima, publicada hoje pelo tablóide The Sun, vai ser difícil.

BLINK-182 DE VOLTA?

Pois é. De acordo com outro tablóide britânico, o Daily Star, a reunião do trio californiano só não rolou ainda porque o baixista Mark Hoppus só quer fazer isso quando tiver certeza de que o show do retorno será inesquecível. O Blink-182 surgiu em 1992 e se separou em 2005, quando o vocalista e guitarrista Tom DeLonge abandonou o grupo. Eles acabaram se reencontrando em setembro do ano passado, quando o baterista Travis Barker quase morreu num acidente de avião. Ainda segundo Hoppus, não há conversas com gravadoras e a intenção da volta não é fazer sucesso ou ganhar dinheiro, mas se divertir e ser o mais ridículo possível, para agradar ao máximo os fãs. A seguir, o videoclipe do primeiro sucesso mundial do Blink-182, All The Small Things, de 1999:

Para saber por que a Rainha Elizabeth está toda-toda de McGirl, clique na figura e leia a reportagem do Estadão.

Qual é o setor industrial mais rápido do país? O pornográfico, é claro! Uma fonte revela que já estão bolando um filme com um sósia de Ronaldo. Só não sabem ainda se os travecos do – hmmm – longa serão os mesmos da história ou serão contratados por fora. Fato é que o jogador ficou três horas com uma mulher e os dois travecos no motel. Mesmo assim, jura que não fez nada. Tipo: ócio criativo. Já os travecos deram detalhes do que chamaram de “orgia” para a polícia. Tem tudo pra ser o filme pornô perfeito: tem fetiche na história (jogador de futebol e policial), tem uma mulher, dois travecos e um hétero (até que provem o contrário). Cumpadiuóxiton que se cuide!

O pessoal do Te dou um dado? acha que, pela foto da capa do Sun, o traveco louco e o Ronaldo são exatamente a mesma pessoa.

gnrchinprecd.jpg 

O tablóide britânico The Sun publicou no último fim de semana fotos comprometedoras de Pete Doherty na casa de Amy Winehouse. Mas isso não vem ao caso. Fato é que o jornaleco jurou de pés juntos que o Guns N’Roses vai lançar Chinese Democracy em maio. Dá pra acreditar? Eu não dô!

O tablóide conta que a intenção de Axl é presentear sua mãe, Sharon E., com o lançamento do álbum mais desacreditado da história, próximo ao Dia das Mães.

Chinese Democracy é o disco mais caro da história. É que, cada vez que muda a formação do Guns, precisam regravar tudo de novo. Dizem por aí que ele custa US$ 1 milhão por ano na gaveta. Ou seja, este ano já soma US$ 14 milhões. Até uma empresa de refrigerantes que ouvir Chinese Democracy. Aliás, alguém aí sabe, de cabeça, o nome de um integrante atual do Guns N’Roses que não seja o Axl?

Abaixo, o áudio da música Better, que estará em Chinese Democracy e, mesmo sem ser lançada, alcançou o primeiro lugar das paradas americanas em abril de 2007, onde ficou durante semanas.