Posts com Tag ‘ringo starr’

bangladesh_7073Esta semana (na verdade, amanhã) o meu, o seu, o nosso LIXEIRA DO POP completa um ano no ar. Então, planejamos aqui uns posts especiais para a festança. Hoje a gente comemora outro aniversário: o da estreia do filme The Concert For Bangladesh nos cinemas. Foi há exatos 37 anos, em Nova Iorque, com ingressos esgotados (veja o cartaz ao lado). O famoso Concerto ocorreu no ano anterior, como relata a Wikipedia:

O Concerto para Bangladesh (em inglês The Concert for Bangladesh) foi um evento constituído por dois shows beneficentes organizados por pelo ex-beatle George Harrison e por Ravi Shankar. Os dois shows ocorreram na tarde e na noite de 1 de Agosto de 1971 no Madison Square Garden, em Nova York, e foram assistidos por mais de 40.000 pessoas. Foi o primeiro evento beneficente desse porte na história e contou com vários artistas consagrados como Bob Dylan, Eric Clapton, Ringo Starr, Billy Preston e Leon Russel. O conceto arecadou no total US$243.418,51 que foi administrado pela (sic) UNICEF. As vendas do álbum e do DVD continuam a beneficiar o fundo de George Harrison para a (sic) UNICEF.

Ainda hoje a venda de discos e vídeos deste grande show é revertida para causas humanitárias e existe, inclusive, uma página oficial.

A seguir, vídeos deste concerto histórico. Como diria nossa querida (a nossa GARI acabou de me confessar por email que a conhece pela “voz no rádio”; um GARI a conhece pessoalmente; outros dois GARIS foram muito felizes quando a tiveram como chefe) Selma Boiron, “meninos, de joelhos!”:





Quem é ex-Beatle pode tudo. Ou será que não? Não é à toa que foi decaptado.

A notícia é da BBC Brasil.

RINGO STARR DIZ QUE JOGARÁ FORA CARTAS QUE RECEBER DOS FÃS

Vê se me esquece, eu cansei!

Vê se me esquece, eu cansei!

O ex-beatle Ringo Starr anunciou nesta segunda-feira que não irá mais autografar objetos enviados pelos fãs e jogará fora todas as futuras cartas que receber de seus admiradores.

Em uma mensagem gravada em vídeo e publicada na página do músico na internet, Starr afirma que não tem tempo para assinar lembrancinhas e ler as correspondências.

“Estou alertando vocês com paz e amor que eu tenho muita coisa para fazer”, disse o ex-baterista dos Beatles.

“Por favor, não enviem cartas para nenhum dos endereços que vocês têm”, disse Starr em um vídeo publicado no seu site na internet.

“Nada será assinado depois do dia 20 de outubro. Se esta for a data no envelope, a carta será jogada fora”, disse o ex-baterista dos Beatles.

Usando roupas pretas e óculos escuros, Starr disse que a mensagem era “muito séria”.

“Não assinarei mais cartas de fãs ou objetos. Nada”, afirmou o músico.

Escultura decapitada

O trabalho mais recente de Ringo Starr foi o álbum Liverpool 8, lançado em janeiro. Depois do lançamento, ele fez uma turnê internacional que incluiu os Estados Unidos e o Canadá, encerrada recentemente.

Atualmente, Starr divide seu tempo entre Los Angeles, o sul da França e sua residência britânica em Surrey, no sudoeste de Londres.

Em abril, uma escultura de Ringo feita com folhas e instalada em frente à estação de trem de Liverpool, cidade natal dos Beatles, foi decapitada por vândalos.

Há relatos de que o músico teria irritado alguns residentes quando disse ao jornalista Jonathan Ross, da BBC, que não sentia saudades de nada da cidade.