Posts com Tag ‘pedalada pelada’

bicicletas_sp3Enquanto o mundo se une contra o aquecimento global, apontando a substituição de veículos movidos a combustíveis fósseis por bicicletas, a prefeitura do Rio, que desde o dia 5 de janeiro (estreia efetiva da administração Eduardo Paes) está causando com seus choques de ordem, anda na contramão.

Nesta segunda (ontem), por exemplo, os fiscais da secretaria de Ordem Pública recolheram bicicletas que estavam presas a postes nos bairros do Catete e Flamengo, na Zona Sul. Acredite se quiser: dentre as bicicletas recolhidas e levadas para o depósito da Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb), estavam cinco usadas exclusivamente para entregas em domicílio. Ou seja, a prefeitura, que não instala bicicletários pela cidade e reconhece a carência deste tipo de estrutura, parece preferir que a locomoção das pessoas seja feita em carros ou motos, que ajudam a poluir o ar, além de não oferecerem nenhuma vantagem do ponto de vista do condicionamento físico.

Estas operações do Choque de Ordem, aliás, já foram classificadas de marketeira. Um texto equilibrado sobre o assunto foi postado no blog Nepôsts. Trata-se de um assunto polêmico e bastante abrangente, já que as ações da prefeitura compreendem desde a apreensão de bicicletas até a derrubada de imóveis irregulares, passando pelo recolhimento da população de rua e a detenção de pessoas que urinam nas ruas.

bicicletas_sp4

Na véspera deste recolhimento, ocorreu em São Paulo a 2ª Pedalada Pelada (ou World Naked Bike Ride, no título oficial, em inglês), para chamar a atenção do poder público para a necessidade de se criar uma infraestrutura capaz de permitir que as pessoas que quiserem levar uma vida mais  saudável – e menos poluente – possam usar a bicicleta para ir estudar, trabalhar e se divertir. Sobre isso, o grande Tom Leão escreveu em fevereiro, no blog dele, Na Cova do Leão.

As fotos que ilustram este post foram feitas durante a manifestação de domingo e estão no blog Ecologia Urbana.