Posts com Tag ‘pânico’

Acredite se quiser, este era um dos destaques da capa do site do Sidney Rezende (clique na imagem para ver o print screen da página toda):

soletrando_pequeno

O deslize foi visto pela querida e sempre atenta Selma Boiron, que nos mandou via lixeiradopop@gmail.com. Se você vir alguma coisa bizarra assim por aí e quiser mandar, YES, YOU CAN! É só enviar para lixeiradopop@gmail.com, que a gente dá o crédito e tudo. A Selma perguntou se avisa ou não ao pessoal do site sobre o erro. Eu não avisei, mas se você quiser…

E não poderíamos encerrar sem lembrar a série Çoletrano, do Pânico na TV. Vamos ver alguns?


Num tô enxergando. Tá tudo escuro pra mim!


Nem o Lula sabe… Por que  a gente tem que saber?


Hoje é meu dia!

E, numa típica conversa de boteco hi-tech (chat do MSN), eu tava conversando com um amigo aqui dos GARIS e comentava que hoje existe almanaque para todos os gostos. Além, do clássico Almanaque Abril, tem dos anos 70, 80, 90, do Samba, do Pensamento, da Jovem Guarda, dos Seriados, da TV Globo, do Fusca e até – vejam só 😮 – do Harry Potter.

Bom, então, queremos fazer o Almanaque da TV Brasileira nos Anos 90 e Início dos Anos 00 (nome enorme; parece título de pesquisa acadêmica). Porque a TV brasileira dessa época foi exatamente a LIXEIRA da nossa cultura POP. Trocadilho tosco, digno do post.

O tempo em que a TV foi invadida pelos 0900… Em que outra época a Gretchen loira Lady Lu – lembra? – aparecia cheia de homens de orientação sexual duvidosa domingo no Gugu – lembra? –, junto com o Viny Vinnie Viny Vinni (sei lá!) – esse você lembra: Heloísa já mexeu a cadeira pra ele, a Tiazinhafoi pra e a Lady Lu vai pra ele e pro resto da galera, né? Ó:

Foi em 2002 que Mariana Kupfer, que é… ahnnn… é… (bom, eu ainda não sei o que ela é. Só sei que os melhores anos da vida dela foram junto com o pessoal do Pânico, na rádio Jovem Pan. Ela brigou com o povo e acabou sendo substituída pela ex-BBB Sabrina Sato, que se mostrou muito melhor) Enfim, em 2002 ela foi ao É Show (beeelo nome!), que a Adriane Galisteu apresentava na TV Record, para se lançar como cantora e mostrar o anel (da linha de jóias que ela também estava lançando). Afe!

Aliás… Adriane Galisteu (de amarelo) junto com seu “conjunto” Meia Soquete, no sempre pertinente Chacrinha (“Todo mundo: miaaaaaau”).

E o programa Fantasia, da TVS do SBT, que também nos rendeu boas pérolas? Aqui vamos homenageá-lo com uma da “gênia” Carla Perez (que, recentemente, anunciou que, se o filme pornô feito com Cumpaiuóxitom fizer alguma referência a ela, “vai botar a boca no trombone” – ui!):

Aí, eu pergunto: quem é você, Carla Perez, para dar um esporro desse em alguém? Cuidado que o “Flavinho” te mostra o… “trombone”.

E se você acha que, nas manhãs da Globo a Ana Maria Braga de vez em quando perde a noção, é porque não lembra dela nas tardes da Record:

E, também na Record, tinha o Ratinho com seu show de horrores:

Pra terminar, tenha náuseas acompanhando o chroma key do fundo desse programa, onde está escrito “190 Urgente”:

A TV brasileira dos anos 90 merece ou não merece um tributo à altura?