Posts com Tag ‘kanye west’

Mais um ano, mais um Grammy… confesso que gosto de ver essa papagaiada pelos shows. Premiação é meio chato, mas enquanto eles estão na lenga-lenga você pode ir colocando a pipoca no microondas. Os momentos “reunião-dos-artistas” é o mais legal, não me esqueço o quanto gostei de ver John Mayer + Corinne Bailay Rae + John Legend há uns 2 anos. Ano passado, nada que eu me lembre a não ser a cara de besta da Amy (“Maaaa Blake encarcerated!!!!” MOR-RI DE RIR!)  e o Mark Ronson ganhando o prêmio de produtor (pulinhos!).

Amy com cara de “O QUÊ?”

Esse ano, a Sony exibe a 51ª edição da cerimônia esse domingo (08), a partir das 23h – ao vivo de LA. Reprise dia 15/02, às 20h. A Sony tá fazendo uma série de chamadas bem espirituosa pro evento. O tema é “O futuro da música está em boas mãos”, com textos assim: “Pra ser candidato ao Grammy, tem que ser O-RI-GI-NAL” – entra imagem do Coldplay com uma faixa onde se lê “PROCESSADOS”, ou ainda “Para ser candidato ao Grammy, deve ter um imenso fã-clube, uma estratégia de marketing arrasadora e fazer todo mundo cantar por você” – entram os Jonas Brothers! No fim, a declaração irônica: O futuro da música está em boas mãos… ê lê lê!

Mas então, o rapper Lil Wayne e o Coldplay lideram em número de indicações – levaram oito e sete, respectivamente. Algumas das categorias mais importantes:

Se não rolar Grammy, que tal um Oscar de figurino?

Álbum do Ano
Viva La Vida Or Death And All His Friends – Coldplay
Tha Carter III – Lil Wayne
Year Of The Gentleman – Ne-Yo (quem???)
Raising Sand – Robert Plant & Alison Krauss
In Rainbows – Radiohead (olhaaaa! o álbum do “quem dá mais!”)

Música do Ano
American Boy – Estelle e Kanye West
Chasing Pavements – Adele (Estilo Amy, porém poderia quebrar a Amy em 3)
I’m Yours – Jason Mraz (tô por fora…)
Love Song – Sara Bareilles (acho essa música chata por demais)
Viva La Vida – Coldplay (se o Coldplay levar, será que vai agradecer ao Satriani?)

Melhor Artista Revelação
Adele
Duffy (estilo Amy, mas com voz mais chatinha)
Jonas Brothers
Lady Antebellum (tô por fora…)
Jazmine Sullivan (tô por foraaaaaaaa… Isso é que é Revelação! Ninguém nem sabe ainda! rs)

Melho Álbum de Música Pop
Detours – Sheryl Crow
Rockferry – Duffy
Long Road Out Of Eden – Eagles (do Hotel California?)
Spirit – Leona Lewis
Covers – James Taylor

Melhor Álbum de Rock
Viva La Vida Or Death And All His Friends – Coldplay
Rock N Roll Jesus – Kid Rock
Only By The Night – Kings Of Leon
Death Magnetic – Metallica
Consolers Of The Lonely – The Raconteurs

Melhor Álbum de Música Alternativa
Modern Guilt – Beck (amo!)
Narrow Stairs – Death Cab For Cutie (amo! Não sei pra quem torcer…)
The Odd Couple – Gnarls Barkley (o Danger Mouse, inclusive, produziu o do Beck…)
Evil Urges – My Morning Jacket
In Rainbows – Radiohead (“dou 5 pila…”)

E os shows ficam por conta do U2, Coldplay, Miley Cyrus e Taylor Swift (kids!), Estele e Kanye West, Jennifer Hudson, Jonas Brothers, Kid Rock, Lil Wayne (no VMA esse cara fez playback…), Paul McCartney e Dave Grohl na batera (UAU!), Katy Perry (desafinou feião no VMA, eu quase tava pedindo playback…), Radiohead (sério?), Rhianna, Justin Timberlake (esses são mó arroz, tão em todas…).

Então. Esse Lil Wayne afinal, coé a dele? O cara é um rapper tipo bagaceiro mesmo (ou como eles gostam de dizer, gangsta), feioso e esquisito, com letras naquele estilo “leve”. Mas a criançada adora (sim, eu disse “criançada”, o cara é o xuxexo entre os adolas americanos). Claro, ele já foi preso por posse de arma e drogas. Claro, a música que atingiu os primeiros lugares das paradas manda a interlocurora fazê-lo de pirulito. Com seu álbum, Tha Carter III, ele está sendo considerado o melhor rapper que há. Eu não sou crítica de música profissional, muito menos saberia criticar rap, mas é engraçado quando a pessoa gosta do que tá criticando. Essa da Rolling Stone diz que Lil Wayne zoa esse negócio de se vender ao sucesso ao criar uma música de sucesso “Lollipop”, a tal do pirulito, sucesso aqui também). Tenho certeza que se não gostasse do Wayne iria dizer que ele era um vendido mesmo, oras!

Ok, quem leva Grammy então? Amanhã a gente descobre.

E, sim, estávamos com preguiça de postar a programação do Tim Festival 2008, que rola daqui a menos de três semanas. Aí, o Crisper, do blog Oh, my rock!, resolveu publicar. E nós resolvemos copiar. Com link, os highlights (pra gente):

SÃO PAULO – AUDITÓRIO IBIRAPUERA
21/10 – 20h30 Noite de Gala: Sonny Rollins
22/10 – 20h30 Sophisticated Ladies: Carla Bley / Stacey Kent / Esperanza Spalding
23/10 – 20h30 Bossa Mod: Marcelo Camelo / Paul Weller
24/10 – 20h30 The Cats: Bill Frisell / Tomasz Stanko / Enrico Pieranunzi
25/10 – 11h Ao ar livre: Sonny Rollins
25/10 – 20h30 Rosa Passos

SÃO PAULO – ARENA DE EVENTOS (PARQUE DO IBIRAPUERA)
22/10 – 21h Brilhando no Escuro: Kanye West
23/10 – 21h Novas Raves: The Gossip / Klaxons / Neon Neon
24/10 – 19h Tim Festa: Dan Deacon / DJ Yoda / Sany Pitbull / Música Magneta / Junior Boys / Gogol Bordello / Switch / Leandro HBL Video Artista / Database
25/10 – 21h Ponte Brooklyn: Cérebro Eletrônico / MGMT / The National

RIO DE JANEIRO – MARINA DA GLÓRIA

Come with me, come with me!

Klaxons: 'Come with me, come with me!'

23/10 – 20h Noite de Gala: Rosa Passos
23/10 – 21h Noite de Gala: Sonny Rollins
24/10 – 20h Sophisticated Ladies: Carla Bley / Stacey Kent / Esperanza Spalding
24/10 – 21h Brilhando no Escuro: Kanye West
24/10 – 22h Ponte Brooklyn: The National / MGMT
25/10 – 1h Tim no Tim: Instituto apresenta “Tim Maia Racional”
25/10 – 20h The Cats: Bill Frisell / Tomasz Stanko / Enrico Pieranunzi
25/10 – 21h Novas Raves: The Gossip / Klaxons / Neon Neon
25/10 – 22h Bossa Mod: Marcelo Camelo / Paul Weller
26/10 – 1h Tim Festa: Dan Deacon / DJ Yoda / Sany Pitbull / Música Magneta / Junior Boys / Gogol Bordello / Switch / Leandro HBL Video Artista / Database

Vitória Teatro UFES
25/10 – 20h30 Stacey Kent / Carla Bley
26/10 – 20h30 Siba / Gogol Bordello
27/10 – 20h30 The National / MGMT