Posts com Tag ‘Billy Corgan’

courtney_love_AW_1L170609

“Ai, vocês do LIXEIRA DO POP são tããão maus!”

Nada disso, nem! Chama-se Nobody’s Daughter (Filha de Ninguém) o disco novo do Hole, bandão da Courtney Love, que volta em grande estilo e com disquinho de inéditas, que deve ser lançado no final deste ano ou início de 2010. E grande estilo é grande estilo: tem aquela “mocinha” do 4-Non Blondes dando uma força e o Billy Corgan, do Smashing Pumpkins, trabalhando no “buraco” desde 2005. E isso não é uma novidade.

Corgan (que foi amante da Courtney na época do Kurt :O) foi parceirão no petardo Celebrity Skin (1998). Compôs algumas faixas e até tocou baixo na faixa Hit So Hard, mas nem recebeu o crédito por isso. Mas se ele não se importa, quem sou eu pra reclamar? E isso também não é exatamente uma novidade. Em 1993 o Hole apareceu com a música Old Age, no lado-b do single Beautiful Sun. Só que em 1998 o jornal The Stranger, de Seattle, conseguiu uma gravação da mesma faixa com o Nirvana. E o Krist Novoselic não apenas confirmou que a canção era do Nirvana, como revelou a data da composição: 1991. Ou seja: o Kurt dava músicas em troca de chifre. E nós é que somos maus!

Anyway, esperamos que a parceria, que já deu certo uma vez, consiga prosperar novamente, porque gostamos do Hole – ou pelo menos do que o Hole lança e jura que é próprio.

O semanário britânico New Musical Express elaborou uma lista com as oito vozes mais estranhas da música. São eles:

8 ) Antony Hegarty: O líder do Antony and The Johnsons não é só estranho de voz; saca só o visual; parece uma tiazona gorda. Nada contra as gordas; nem contra as tiazonas.


7) Jello Biafra: a voz do grupo punk-hardcore Dead Kennedys também não fica muito atrás no quesito excentricidade.

6) Joanna Newsom: Nunca tinha parado para ouvir Joanna Newsom. Fui olhar esse vídeo e durante a introdução, ela começa a falar toda fofa. Pensei: O que tem de excêntrico na voz dela? Bem, foi só começar a cantar para perceber.

5) Geddy Lee (Rush): Geddy Lee é uma clássica voz estranha. Tão clássica que já me acostumei a ela, mas lembro quando meu pai ouvia Rush em casa quando eu era criança. Podia jurar que era uma mulher cantando.

4) Stuart Staples: o vocalista doTindersticks faz um estilo meio “latin lover”: Muitos susurros, um olhar 43 aqui, uma piscadela de olho ali; a voz é quase inaudível.  Sou mais o Chris Issak.

3) Alec Ounsworth (Clap Your Hands Say Yeah): Fico tentando imaginar quando ouviram ele cantar e disseram: Nossa, você é perfeito para esta banda!

2) Morrissey: Moz é outra voz bizarra que o povo já acostumou.
1) Gary Numan: Eu adoro a música Down in The Park, mas na voz de Dave Grohl.

Com todo respeito ao povo da NME, mas uma lista com as vozes estranhas sem a presença de Billy Corgan (Smashing Pumpkins), Bjork e Bob Dylan não pode ser séria…