Posts com Tag ‘band’

Certa vez entrevistei a jornalista Cristiana Mesquita e ela me disse que, durante o tempo que cobria Venezuela para a CNN, era odiada pelo governo Chavez e também pela oposição. Isto lhe dava a certeza de que estava fazendo um bom trabalho. Sem dizer com estas palavras, pra ela, o bom trabalho jornalístico é aquele que incomoda, inquieta.

Pois bem: o pessoal do CQC registrou esta semana dois preocupantes casos de violência. O mais recente, ocorrido na noite desta quarta, dia 1º, não tem a ver com esta historinha que eu contei, mas é inaceitável. O repórter Felipe Andreolli estava cobrindo a final da Copa do Brasil, entre Internacional e Corinthians, quando foi agredido pela torcida do Colorado.

O caso mais grave também ocorreu na quarta, mas durante o dia. O repórter Danilo Gentilli foi agredido, empurrado no chão e ainda foi acusado de ter armado tudo. O problema é que as agressões (registradas pela equipe de TV) partiram dos seguranças do presidente do Senado, José Sarney, que está afundado em uma crise sem precedentes, depois de ter escondido patrimônio da Justiça Eleitoral e ter empregado ao menos uma dezena de familiares no Legislativo através dos chamados “atos secretos”. Até o mordomo da filha se deu bem nessa.

Curioso o pessoal do Sarney fazer isso mesmo após a Folha informar que o programa sofrera censura, exatamente favorável aos políticos. Ou seja, se a censura (desmentida pela Band) realmente existir, pode-se dizer que foi um “tiro no pé”.

Ao menos sabemos que o CQC incomoda. Incomoda os políticos, incomoda até a própria emissora. Bom trabalho, pessoal!

Enquanto a coluna do Daniel Castro na Folha de S.Paulo hoje afirma que:

A cerimônia do Oscar 2009 não deverá ser exibida pela Globo no dia 22 de fevereiro, pois a data coincide com o domingo de Carnaval.

(…)Segundo o colunista Daniel Castro, a emissora irá decidir o destino da transmissão do Oscar na próxima terça-feira (27).

No entanto, há grandes chances do Oscar ser sacrificado.

Os ganhadores do prêmio devem ser anunciados ao longo do desfile das escolas de samba.

Eu duvido (DUVIDO!) que a TV Globo troque a grande audiência certa do desfile das escolas de samba do Rio pelo risco de transmitir o Oscar para cinco pessoas (entre elas os dois Garis que curtem o disco Pop) que preferem fazer qualquer coisa a cair na folia.

Podiam, ao menos, liberar pro SBT transmitir. Porque, certeza: enquanto o samba estiver rolando na Globo, Bandeirantes, Manchete Rede TV!, TVE TV Brasil e na Record, o SBT passará normalmente o filme de 8 e Meia no Cinema (como sempre, a partir das 22h30 e cheio de intervalos) e os Teleseriados, praticamente sem break comercial.

É nessas horas que o Silvio se redime e prova que o SBT também pode ser MARA!

Ah, não custa lembrar que o TNT, na TV paga, transmite o Oscar.