…mas hoje faz dois anos da despedida oficial do Los Hermanos. De lá pra cá,  eles reapareceram no Just a Fest, abrindo o show do Radiohead. E mais o quê? Uma carreira solo do Camelo? Little Joy com o Amarante buscando uma carreira internacional? Não! Pra mim, não foi uma boa ideia.

Conheci a banda ouvindo Anna Júlia como quase qualquer brasileiro. Num amigo oculto, um amigo meu ganhou o primeiro CD deles. A capa com um “bate-bola” (personagem clássico de Carnaval)  me chamou atenção. Musicalmente falando, só fui conhecer mesmo no Bloco do Eu Sozinho (Abril Music, 2001) anos depois. E a partir daí foi só alegria. Pra mim, é o melhor disco deles. O que provou que dá pra fazer música de qualidade, pop mas sem ser igual a todo mundo. Me reencontrei com o primeiro álbum e vi que era excelente também. Pronto, nasceu, pra mim, uma das minhas bandas preferidas.

O estilo alternativo que cultivou vários fãs (e inimigos também, claro) faz falta nas bandas de hoje em dia.  Muitos grupos bons surgiram mas nenhum que pareça ocupar a lacuna deixada pelos barbudos. Carnaval, circo, romantismo, poesia e pop. Tudo junto em uma banda só.  Na minha opinião, uma bela mistura. Dizem que é deprê . Sinceramente , eles têm música pra todos os gostos. Pierrot, por exemplo,  é deprê?  Acho que não.

O show que marcou a despedida oficial foi uma prova de que os fãs são leais à banda. Fizeram da Fundição Progresso (Lapa, Rio de Janeiro) um cenário perfeito para a devoção. Não é nada do tipo “a religião Los Hermanos” como rolava com a Legião Urbana. Quem nunca cantou Anna Júlia alto e sem vergonha disso?  Quem nunca defendeu com unhas e dentes os Hermanos quando falavam mal? Então, essas pessoas cantaram todas as letras, enfeitaram o show e fizeram das noites de despedida, shows inesquecíveis. O DVD ta aí pra mostrar isso.

Se você sempre quis conhecer Los Hermanos, mas tinha vergonha, agora já pode. A banda acabou (será?) e é cult gostar de coisas em extinção. Agora se você é fã mesmo, infelizmente, parece que o fim é real mas nos resta ainda a esperança, os CDs, os DVDs, mp3, YouTube…

A seguir, uma playlist de fã, com os principais singles de cada disco e muitas versões ao vivo, alternativas, em animação…

capa_lhLos Hermanos (1999)
Anna Júlia
Quem Sabe?
Pierrot
Azedume
Primavera

capa_blocoBloco do Eu Sozinho (2001)
Todo Carnaval Tem Seu Fim
A Flor
Retrato Pra Iaiá
Casa Pré-Fabricada
Sentimental
Fingi na Hora Rir

capa_ventura2Ventura (2003)
Samba a Dois
O Vencedor
O Último Romance
Cara Estranho
Além do Que Se Vê

capa_44 (2005)
Paquetá
Morena
O Vento
Condicional

.

Anúncios
comentários
  1. Karine disse:

    Cara, parece que foi ontem que eu estava lá, apertada na muvuca, xingando o som da fundição e empunhando um cartaz pedindo Pierrot! Apesar do climão de despedida, eles voltam, só não se sabe quando.

  2. Gisele disse:

    Eu perdi o último show, a única vez que vi a banda ao vivo foi no Just a Fest. Não gostei da performance, mas gosto do trabalho deles, muitomesmo. Acho que a Móveis Coloniais de Acaju tem tudo pra dar certo como os Hermanos (mas eu não acho que seja uma questão de “preencher lacuna”, porque fica parecendo que há exigência de que o que venha tem que ser parecido. Se for parecido vão dizer “Estão imitando Los Hermanos”. Se for original, como a Móveis é, não se pode comparar dizendo que eles “ocuparão” o lugar dos outros). E Little Joy é bonitinho =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s