Ça Ira, a segunda obra-prima de Waters

Publicado: 24/março/2008 em Ele é fodão, mas eu sei que eu sou também
Tags:, , , , , , , , ,

Hoje, dia 24 de março, um dos discos mais significativos da história do rock n´roll completa 35 anos. O nome da obra-prima é (The)Dark Side of the Moon do Pink Floyd. E um dos responsáveis pelo trabalho é Sir Roger Waters.

Só que este post não é para falar sobre o disco, como muita gente deve estar fazendo por blogs e sites mundo afora, mas comentar outra obra de arte de Waters: a ópera Ça Ira, que desembarca em terras tupiniquins no próximo mês.

Ça Ira é formada por três atos e é baseada em um livro sobre a Revolução Francesa do século XVIII, escrito pelo gaulês Etienne Roda-Gil. E como é de costume, Waters não economizou ao compor a ópera, que começou a ser “bolada” em 1989. Além de uma orquestra “cheia” contanto com solistas e coros, ele quis também luzes e tudo a que tem direito, bem ao estilo “floydiano”.

O britânico – que agendou alguns shows pelo mundo para dar adeus aos palcos este ano, deixando de fora o Brasil – traz como prêmio de consolação para os nascidos entre o trópico de câncer e capricórnio, Ça Ira. O espetáculo começou a ser ensaiado no Teatro Amazonas na última semana, sob os olhares cuidados do sessentão Waters. A ópera será encenada na 12ª edição do Festival de Ópera de Manaus, nos dias 15, 22 e 24 de abril. Ficou com vontade de conferir? Abaixo tem um trecho da obra-prima do ex-Pink Floyd.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s